Queda na Agualva

Segunda-feira aproveitei para dar um passeio e tirar algumas fotos no trilho pedestre nas baias da Agualva, mas as coisas não correram lá muito bem.

No caminho de volta, fiz uma lesão muscular grave junto à omoplata ao tentar saltar um muro que não tinha mais do que 1 metro e meio. E o pior de tudo, foi estar a meio do trilho, sozinho, cheio de dores e sem poder mexer o braço esquerdo, com um monte de material fotográfico para carregar… Um filme medonho, mas lá consegui chegar ao hospital.

Neste preciso momento, estou a escrever este post com apenas uma mão e o braço esquerdo imobilizado. Estou a tomar medicação e vou ficar de baixa por mais alguns tempos.

Ainda bem que tenho amigos como o Nuno, que sabem endireitar um gajo. :)

Já agora, aqui estão duas fotografias que gostei de tirar.

Cheers.

Trilho Santa Bárbara

Faz hoje uma semana que fiz um trilho pedestre com o Luis Reis na serra de Santa Bárbara.

As condições climatéricas não eram as melhores, muito vento, nevoeiro e frio de burro… mas lá fomos nós. O nosso “objetivo” era dar a volta à cratera, mas ficamos a 1/3 do percurso devido à falte de tempo.

Existem varios sitios interessantes para se explorar, como os destroços de um Aviocar que se despenhou alguns anos atrás e uma fenda na parede da cratera, que se consegue descer e uma perspectiva interessante com cores na vegetação fora do normal.

No total foram 4 horas de caminhada que se tornou mais num treino para os Comandos do que um passeio, mas valeu a pena.

Aqui está um ficheiro que criei no GPS que podem visualizar no Google Earth para terem uma ideia por onde andamos.

Cheers.